skip to Main Content
Diagnóstico Revela Atuais Necessidades Do Turismo Em Pernambuco

Diagnóstico revela atuais necessidades do turismo em Pernambuco

A síntese poderá auxiliar na criação de novas políticas para o turismo pernambucano

A Câmara Empresarial de Turismo de Pernambuco (CET-PE) e o SEBRAE da região estão cada vez mais engajados na missão de avaliar o que deve ser ajustado para que o estado esteja preparado para bem receber os visitantes durante o Mundial de Futebol de 2014 no Brasil. Uma prova disso foi a produção de um dossiê que aponta as reais necessidades do turismo pernambucano. O material traz dados que poderão contribuir na criação de novas políticas para o turismo local.

Realizada pela Mega Consultores e Associados, a síntese traz uma lista do que os empresários locais enxergam como os atuais gargalos do setor. O material destaca deficiências tanto em infraestrutura e tecnologia, como também na prestação de serviço, na postura cultural dos profissionais do segmento na região e na gestão do marketing realizada na venda do destino.

“Esse diagnóstico que levantamos foi de extrema relevância para identificarmos o que precisa ser ajustado para que o estado esteja de fato qualificado para bem receber um visitante”, assegura José Otávio de Meira Lins, coordenador da Câmara Empresarial de Turismo de Pernambuco. “É importante destacar que este relatório poderá funcionar como um guia para os gestores do turismo planejarem ações que preencham as lacunas encontradas, especialmente agora, já que estamos há menos de um ano da Copa das Confederações no Brasil”, complementa Meira Lins.

As demandas levantadas pelo relatório são classificadas como problema ou facilidade, sendo a facilidade vista como uma oportunidade de negócio para a região. “A inexistência de uma Central de Compras é visto como uma facilidade, já a pouca utilização de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) enxergamos como um problema”, destaca Meira Lins.

De acordo com Roberto Mattos, do hotel Jangadeiro, um grupo de hoteleiros enxergam a central de compras como uma oportunidade de negócios para o setor. “Estamos na realização do que posso avaliar como um programa piloto de uma central de compras para a hotelaria local. A nossa ideia é através da compra coletiva, minimizar custos, padronizar produtos e com o volume adquirido conseguir novos fornecedores dentro e fora do estado”, fala Mattos, que destaca que a ação é realizada atualmente em conjunto por seis hotéis locais e que será ser estendida para outros hotéis da região.

O presidente do Recife Convention & Visitors Bureau, Paulo Menezes, adianta que a entidade vem desenvolvendo projetos que atendem a necessidade do visitante que chega ao estado no que se refere a informações turísticas. “Já temos no ar com o site www.destinopernambuco.com.br, que é atualizado diariamente com informações sobre o estado, dicas de lazer, eventos. Agora estamos finalizando uma versão do site como aplicativo para tablets e smartphones, que auxiliará o turista na sua programação pela região”, diz Menezes. O novo aplicativo do RCVB deverá também disponibilizar um sistema de localização entre atrativos e equipamentos turísticos.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top